N

Award p/ você!



Não precisa pedir.
É seu! Ofereço-lhe,
de coração!Volte logo!


*****

N


N

N

N

N

Photobucket - Video and Image Hosting

N

*****

N

*****

Photobucket - Video and Image Hosting

N

*****

*****

N

N

*****

Calendário



*****

*****

*****

*****

*****

*****

Perfil

*****

Nome:Nilceu Francisco

Aniversário:11 de julho

Cidade:Campinas-SP

Gosto:Boas amizades, Viver, Conquistar, Amar

Hobby:Compor

Filmes:Aprecio a todos os gêneros

Músicas:Dance, Românticas... Preferidas :Folhas de outono; As rosas não falam, Palavras lindas; e tantas outras rsrs




*****

*****

*****

MAIS NOTÍCIAS

*****

*****

*****

*****

*****

SOM

*****

Aquarela do Brasil /Ari Barroso


*****

Destaque

N


Obrigado, Izilda

*****

N

PRÊMIOS RECEBIDOS .

MUITO OBRIGADO, GENTE!

N

*****


N

N

N

*****

VISITE O ESPAÇO COM MAIS PRÊMIOS;


É SÓ CLICAR NA IMAGEM ABAIXO!

*****

*****

*****

*****

*****

AMIGOS

*****

Adorável Pecadora
Afrodite
Aléxia
Amanda(Dinha)
Anderson
Andréia(Dea Cute)
Andréia(Portugal)
Andréia Yamashita
Ane
Angel
Angélica
Anny
As manas
Bárbara
Bella Nika
Betty Blue
Brumaximus
Bruno
Cacau
Carol
Cássia
Celi
Chulapa
Cida
Cida Mary
Cínthia(Cantinho Proib)
Cínthia Duim(Cem Coisinhas)
Cínthia(Madame Mim)
Cínthia Duim(Patinha Cute)
Cláudia
Clube Melhor Idade
C.M.I.(Festas)
C.M.I.(Happy Hour)
C.M. I.(Visitas)
C. M.I.(Votos)
Clube Real (Ludjero)
Cris Couto
Cristina Sueta
Cristiny
Cursed Lady
Deborah
Denise/Gifs
Deusa da Lua
Diego
Dininha
Docinho
Drica
Duda
Dulcinéia(Tutu Mineiro)
Edi Suely
Eimy
Élidy
Elo
Emi
Érika
Estrela/Ana Lucia
Estrela da noite
Estrelinha
Evanir(Anjos)
Evanir(Fonte)
Evanir(Homenagens)
Everton
Fabi
Fada azul
Fascinação(Blog)
Fascinação(Links)
Fascinação(Templates)
Fernanda
Fernando
Flávia
Flavinha
Flor de Luz
Flor Luz(Condomínio)
Fran
Giovanna(Cigana)
Giselle
Gismili
Gonçalo
Gorete
Gui
Halma Guerreira(Ganhe sala)
Halma Guerr(Personalizar)
Halma Guerreira(Site)
Halma Guerreira(Selos)
Halma Guerreira(Votação)
Hera
Iara/Visual
Ingrid Mascari
Iolanda
Íris
Isabel/Bell
Ises(Deise)
Izilda
Izilda(Sonhos)
Izilda(Votação)
Jadna
Janaina Saucedo
João Guilherme
Joésio
Juliana
Ju(Jumah)
Jussara
Kátia
Keka
Keka/Segredos
Kevin/Kauan
Kezia
Lady
Laine
Lais
Líbia(Magia Gifs)
Lidiany
Liege
Lila
Lily
Line
Loira Romântica
Lu Barreto
Lúcia
Lúcia Mi
Lúcia Oliveira
Luís Celso
Luiza
LuLopes
Lyane
Manoela
Manu
Márcia
Márcia Rocha
Marcilene(Caze)
Marcilene (Chamas)
Mari
Maria do Carmo
Maria Clara
Maria Laura
Maria Laura(Diário)
Marilda
Marina
Marina/Estrela Mar
Marinês
Marlene
Marta
Mary Boller
Mayara
Meguy
Melina
Melissa
Menina Boneca
Michelle
Milena
Mírian
Místico
Mom Kakau
Monaliza
Mônica
Moranguinha
Nadja/Drika
Nadjinha(Atelier)
Nancy(Lua)
Nancy(Poetisa)
Nany Show
Nany Manfredi
NeideMel
Neide(pastora)
Neise
Neiva
Nena
Nicole
Nikyta
Nilda
Nivea
Norminha
Norminha (O Jornal)
Nylda (Lisboa)
O cavaleiro negro
Patrícia ( Sapo.pt))
Patrícia(Zip.Net)
Paty
Penha
Raquel
Regiane
Regina(B Mistura)
Regina(Relua)
Regina Teofilo
Rita
Rita de Cassia
Rita(Mulher Feliz)
Roberta
Rosa
Rosa Flor(Regina)
Rosamaria
Rosana
Rosângela
Rose
Rose Marie
Ruttyely/Júnior
Samara Angel
Sandra
Sandra Erika
Sílvia
Sílvia Franco
Sir-K
Smareis(Escrevinhando)
Smareis(Fotolog)
Smareis(Reflexões)
Smareis(Refúgio)
Sol
Solange
Su Dengosa
Sueli Silva
Sueli(Susuka)
Suellen(Pensamentos)
Suellen
Tadinha
Tamara
Tatiana
Tete
Tina
Tia Lili
Truffa de Cereja
Tuga
Turka
Vanderlei(Aragão)
Vanessa(Loira 26)
Vanessa Ferreira
Vania
Vania(Coisas)
Virgínia
Vitória
Viviane Cardoso
Viviane(Flor)
Zeca Pestana

*****

*****

*****

Escreva!

*****

*****

*****

*****

Meus outros blogs


LOVE STORIESS


BLOG FOLCLORE


BLOG NILCEU


ARRAIAL CAIPIRA


GARGALHADAS


RECANTO SANTISTA


BLOG EDUCAÇÃO


BLOG POLÍTICA


BLOG ESPORTES


PROSAMOROSA


BLOG ADULTO


BYE, BYE, tristeza


FOTOLOG DA FAMA


HOME

*****

*****

*****

Visitas

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

LINKS

BOL
Datas
Midis Voice
PAN - Calendário
PAN- História
PAN- Locais de provas
Tabela Cores
Tabela Cores 2
UOL


*****

*****

*****

*****

*****

*****

VOTE!

Votação

Dê nota p/ meu blog

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

Indique



Indique esse Blog

*****

*****

*****

*****

*****

Arquivos

15/06/2008 a 21/06/2008

01/06/2008 a 07/06/2008

11/05/2008 a 17/05/2008

04/05/2008 a 10/05/2008

13/04/2008 a 19/04/2008

06/04/2008 a 12/04/2008

30/03/2008 a 05/04/2008

23/03/2008 a 29/03/2008

09/03/2008 a 15/03/2008

02/03/2008 a 08/03/2008

10/02/2008 a 16/02/2008

03/02/2008 a 09/02/2008

27/01/2008 a 02/02/2008

20/01/2008 a 26/01/2008

13/01/2008 a 19/01/2008

06/01/2008 a 12/01/2008

30/12/2007 a 05/01/2008

23/12/2007 a 29/12/2007

16/12/2007 a 22/12/2007

09/12/2007 a 15/12/2007

02/12/2007 a 08/12/2007

25/11/2007 a 01/12/2007

18/11/2007 a 24/11/2007

11/11/2007 a 17/11/2007

04/11/2007 a 10/11/2007

28/10/2007 a 03/11/2007

21/10/2007 a 27/10/2007

14/10/2007 a 20/10/2007

07/10/2007 a 13/10/2007

30/09/2007 a 06/10/2007

23/09/2007 a 29/09/2007

16/09/2007 a 22/09/2007

09/09/2007 a 15/09/2007

02/09/2007 a 08/09/2007

26/08/2007 a 01/09/2007

19/08/2007 a 25/08/2007

12/08/2007 a 18/08/2007

05/08/2007 a 11/08/2007

29/07/2007 a 04/08/2007

22/07/2007 a 28/07/2007

15/07/2007 a 21/07/2007

08/07/2007 a 14/07/2007


*****

*****

*****

*****

Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

Créditos



*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

*****

O NOSSO BRASIL...


Seja bem-Vindo(a)

ao mundo esportivo !

Acima estão algumas

das várias modalidades .

Escolha uma e pratique !

...MERECE SER AMADO !

Depois de um 2006 ruim, Karla Cardoso conquista o ouro no judô

 

O primeiro ouro que o judô deu ao Brasil nestes Jogos Parapan-americanos veio dos golpes rápidos e precisos executados por Karla Cardoso, 25 anos. Com a presença de apenas quatro competidoras na categoria até 48 kg, a organização formou uma única chave. Todas contra todas e a vencedora ficaria com o lugar mais alto do pódio. Uma a uma, suas adversárias foram sucumbindo.

Primeiro a compatriota Ana Luiza Farias, depois a americana Christina Thomas, e finalmente a cubana Maria Fuentes, num confronto que se tornou efetivamente a final, já que Fuentes também havia vencido suas oponentes. Todas as três lutas de Karla não chegaram aos cinco minutos previstos. Vencedora por ippon, o nocaute do judô, ela teve um desempenho perfeito, não deixando dúvidas sobre sua superioridade.

Carioca, Karla nasceu um dia após o rompimento da bolsa de sua mãe. A demora na realização do parto ocasionou falta de oxigenação e o problema na visão. Oito graus de hipermetropia nos olhos. Hoje, são quatorze. Porém, somente aos 3 anos de idade ele foi percebido, quando passou a freqüentar a escola. Criança hiperativa e com problemas de relacionamento, encontrou no esporte uma válvula de escape.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

FIQUE  POR DENTRO : Disputas paraolímpicas surgiram após 2º guerra

 

 

VILA PARAPAN

O neurologista britânico Ludwig Guttman pode ser considerado o "Barão de Coubertin" do movimento paraolímpico. Assim como o nobre francês, Guttman foi o idealizador da competição e não economizou esforços para colocá-la em prática.

As Paraolimpíadas foram disputadas pela primeira vez em Roma-1960. Entretanto, 12 anos antes, uma outra competição internacional envolvendo atletas deficientes físicos foi realizada, podendo ser considerada o embrião dos Jogos Paraolímpicos.

Em 1948, na pequena cidade inglesa de Stoke Mandeville, Guttman organizou um torneio envolvendo 16 atletas veteranos de guerra, que sofreram seqüelas durante o conflito. Na mesma época, em Londres, o mundo assistia aos Jogos Olímpicos e Guttman planejava unir as duas competições.

Quatro anos depois, alguns atletas holandeses disputaram a competição organizada por Guttman, que passou a ser chamada de Jogos Internacionais de Stoke Mandeville.

Mas o sonho olímpico de Guttman só se tornaria realidade em 1960, quando Antonio Maglio, diretor do Centro de Lesionados Medulares de Ostia (Itália), propôs que os Jogos Internacionais de Stoke Mandeville fossem disputados em Roma, logo após a Olimpíada.

A idéia foi bem recebida pelos organizadores dos Jogos Olímpicos de Roma e, dias após encerrada a competição, Carla Gronchi declarou iniciados os primeiros Jogos Paraolímpicos, com a participação de 400 atletas de cadeiras de rodas de 23 países.

Mesmo com o sucesso dos Jogos Paraolímpicos de Roma-1960, a competição foi desprezada nas duas décadas seguintes, sendo realizadas em locais diferentes dos Jogos Olímpicos.

Em 1984, por exemplo, a competição foi dividida entre duas cidades. Em Nova York, foram disputadas provas das modalidades amputados, paralisia cerebral e deficiência visual. Os atletas cadeirantes competiram em Stoke Mandeville.

Somente em Seul-1988 a competição voltou a ser disputada no mesmo local das Olimpíadas, sendo parte obrigatória do planejamento dos organizadores.
Na década de 1990 é que o movimento paraolímpico conseguiu se organizar na América a ponto de firmar uma estrutura para os Jogos Parapan-Americanos. Alguns outros eventos já aconteciam anteriormente, mas de forma descentralizada, separados por deficiência.

A reunião de todas as provas juntas aconteceu em 1995, quando se realizou simultaneamente três eventos na Argentina: os Jogos Pan-Americanos de Cadeira de Rodas, em setembro, na cidade de Buenos Aires, os Jogos Pan-Americanos para Cegos, em novembro também em Buenos Aires, e os Jogos Pan-Americanos dos Deficientes Mentais, em dezembro em Mar del Plata.

Foi só em 1999, na Cidade do México, que foi montado o Jogos Parapan-Americanos como conhecemos atualmente. Depois, em 2003, a Argentina foi a sede e agora o Rio de Janeiro. É a primeira vez que um Parapan será na mesma sede do Pan.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

Brasil goleia Argentina e leva ouro no futebol de sete do Parapan

 

 

 

A seleção brasileira masculina de futebol de sete goleou a Argentina neste sábado por 5 a 0 e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Parapan-Americanos do Rio de Janeiro.

Líder do grupo A, que contava com Estados Unidos e Venezuela, o Brasil chegou à final depois de uma outra goleada ainda maior na semifinal, 7 a 0 contra a seleção do Canadá.

Além disso, o Brasil teve uma campanha quase impecável durante sua trajetória no torneio: levou apenas 1 gol em toda a competição. Na fase de grupos, o Brasil aplicou 7 a 0 ante os Estados Unidos, e 15 a 1 contra a Venezuela.

A Argentina, por sua vez, superou Canadá e Colômbia, no grupo B. Na semifinal, os "hermanos" derrotaram os Estados Unidos por 2 a 1 para assegurar a vaga na decisão.

Na disputa pelo terceiro lugar, o Canadá venceu os Estados Unidos por 1 a 0 e conquistou a medalha de bronze.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

Nos 100 m S4, Clodoaldo Silva conquista sexto ouro no Parapan

 

O nadador Clodoaldo Silva conquistou sua sexta medalha de ouro neste sábado nos Jogos Parapan-Americanos do Rio. Com a vitória, o nadador "iguala" as vitórias às do nadador Thiago Pereira, que no Pan-Americano deste ano também conquistou seis medalhas de ouro e tornou-se o maior recordista da competição no país. Neste sábado, Clodoaldo bateu o recorde mundial nos 100m livre da categoria S4, com 1min16s99.

O recorde anterior, também melhor marca da competição, era do próprio Clodoaldo, 1min17s44, de 2006. O nadador ainda acumula vitórias nas provas do 50 m peito SB3, 50 m borboleta S4, 50m e 200 m livre S4, 150 m medley SM4. Seu único "revés" foi no 50 m costas, em que conquistou a medalha de bronze, atrás do mexicano Juan Reyes.

"Nem no meu sonho mais otimista eu esperava isso", comemorou emocionado após a prova à Sportv. "Espero que isso sirva como um pontapé para o esporte paraolímpico ganhar não só mais atenção, mas também mais recursos. O apoio da torcida foi fundamental nas minhas vitórias."

Além dos pódios, Clodoaldo está colecionando recordes no Parapan. No primeiro dia da natação, o atleta venceu os 50 m livre com 34s69, novo recorde mundial. O nadador já era detentor da melhor marca, 35s20, registrado em dezembro do ano passado, em Durban, na África do Sul. Nos 150 m medley, ele marcou 2min32s57, com direito a novo ouro e o segundo recorde mundial.

Nos 200 m livre, Clodoaldo anotou 2min51s81 levou mais um recorde mundial, e novamente superou uma marca pessoal de Atenas-04.

O atleta é o grande nome da delegação brasileira nos Jogos do Rio de Janeiro. Nas Paraolimpíadas de Atenas-2004, Clodoaldo conquistou seis medalhas de ouro. A categoria em que Clodoaldo compete é a S4, que engloba nadadores com limitações físico-motoras.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

COPA AMÉRICA DE VÔLEI MASCULINO : BRASIL ESTRÉIA COM VITÓRIA

 

 

O Brasil estreou com vitória na Copa América masculina de vôlei. Diante de 9 mil torcedores, o time derrotou a República Dominicana por 3 sets a 0, nesta quarta-feira, em Manaus, com parciais de 25/17, 25/08 e 25/20, em 1h03 de jogo.

O ponteiro e capitão da equipe Murilo foi o maior pontuador do confronto, válido pelo Grupo B da competição continental, com 12 acertos. O oposto Samuel colaborou com 11 pontos na partida.

"Para estréia fomos bem, mas não temos como tirar um parâmetro para os outros jogos porque a República Dominicana não ofereceu resistência. Era o que esperávamos", disse o técnico Bernardinho.

"O saque teve uma boa consistência, mas não fomos tão regulares no ataque e no passe", completou o técnico brasileiro, que verá seus comandados voltarem à quadra nesta quinta-feira, contra Cuba.

Para o segundo desafio, Bernardinho espera mais dificuldades. "Cuba é uma equipe que tem bloqueio e ataque pesados. Com certeza, os cubanos sacarão com muita força e nos dificultarão ainda mais. Se jogarmos como hoje, teremos problemas", ressaltou.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

PARAPAN : BRASIL CONQUISTA VÁRIAS MEDALHAS NO ATLETISMO

 

Yohansson

Dia de festa para o atletismo brasileiro nos Jogos Parapan-Americanos. Sob os olhares atentos de um público que ia desde alunos de escolas públicas até idosos, o Brasil conquistou 18 medalhas nas provas disputadas no Estádio Olímpico João Havelange, sendo sete de ouro, sete de prata e quatro de bronze.

Xodós da torcida, os velocistas Lucas Prado e Terezinha Guilhermino foram os mais aplaudidos, com vitórias nos 100m T11. Logo na primeira prova do dia, os atletas mostraram que seria preciso ter fôlego para acompanhar o ritmo da delegação brasileira. Após 5.000m de corrida, Tito Sena e Ozivam Bonfim fizeram a primeira dobradinha para o Brasil, prata e bronze na categoria T46, em prova vencida por Mario Hernandez, do México.

 

100m rasos é com o Brasil

Em seqüência foi a vez de Lucas Prado dar seu show particular. Com sobras ele ficou com o ouro nos 100m rasos T11 e ainda melhorou o próprio recorde mundial em um centésimo, 11s28. Felipe Gomes e Hilário Neto completaram o pódio brasileiro. As provas de 100m, por sinal, foram dominadas pelos brasileiros. Depois de Lucas, mais três ouros vieram na prova mais veloz do atletismo. 

Em uma disputa caseira, Yohansson Ferreira superou Antônio Delfino na linha de chegada e fez a festa. A diferença entre os dois foi de apenas dois centésimos, 11s06 contra 11s08. Na classe T11 feminino, Terezinha Guilhermino levantou a torcida, vencendo com folgas e emocionou o guia Chocolate.

Lucas Prado

- Estar disputando um Parapan no Rio não tem preço. Estou na minha cidade, perto dos meus amigos e familiares, além de contar com uma torcida que está dando show, estou muito feliz - diz o condutor da brasileira.

Também nos 100m, Ariosvaldo Silva garantiu o ouro por uma roda de vantagem. Mas nem todo brasileiro se deu bem nos segundos finais de provas, André Andrade liderou a maior parte dos 200m T13, mas o Freddy Hechavarria o ultrapassou na última passada e calou a torcida.

 

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

NATAÇÃO:  BRASIL CONQUISTA  7 OUROS, 4 PRATAS E 7 BRONZES NESTA SEGUNDA

ANDRÉ

 

Em apenas um dia de competições, a natação brasileira garantiu sete medalhas de ouro, quatro de prata e sete de bronze. Clodoaldo Silva e André Brasil, de quebra, bateram recordes mundiais. A primeira vitória veio com Gledson Soares, que levou a melhor na categoria S8 - 100m livre - para os atletas com limitações físico-motoras. E ele só queria saber de comemorar.



- Começar as provas de natação ganhando a primeira medalha é muito emocionante - ressalta o nadador.

E mais emoção ainda estava por vir.Fabiana Sugimori levou a melhor com o tempo de 1m16s89 na prova dos 100 m livre s11. A nadadora chegou a chorar cerca de dez minutos antes de competir. Ela alega que antes da prova sentiu a pressão que seria representar o Brasil numa grande competição.

FABIANA

- Chorei antes porque bateu um nervosismo. Chorar ajuda a expulsar o estresse. Depois que derramei as lágrimas, conquistei o ouro - diz Fabiana.

Pratas e bronzes do dia

As pratas brasileiras da natação nesta segunda ficaram com Rodrigo Ribeiro nos 100 metros livre masculino S11, Nélio Almeida nos 100 metros costas masculino S7,  Gledson Soares nos 100 metros costas masculino S8 e Carlos Farrenberg nos 200 metros medley masculino SM13.

Já os bronzes foram de Isidoro Mazotinini nos 100 metros livre masculino  S8, Valéria Lima - 100 metros livre feminino S8, Fábio Cruz nos 100 metros livre masculino S11, Marcelo Collet nos 100 metros borboleta masculino S10, Ivanildo Vasconcelos nos 100 metros costas masculino S6, Ronaldo Santos nos 100 metros costas masculino S7 e no 
Revezamento 4x100 metros livre feminino.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

MEDALHAS  COM DETALHES EM BRAILE

 

Para quem olha de longe o detalhe é imperceptível, mas pra quem carrega a medalha no peito, a adaptação é fundamental, principalmente para os deficiente visuais. Confeccionadas nos mesmos moldes das que foram oferecidas no Pan, as medalhas dos Jogos Parapan-Americanos são a favor da inclusão social, todas possuem tradução em braile dos dizeres, para que ninguém perca um só detalhe do prêmio maior da competição.

Inscrições com o nome dos Jogos e da modalidade em disputa estão escritas nos idiomas oficiais do Parapan (português, inglês e espanhol), além do braile, para que todos possam festejar suas conquistas.

Globo Esporte

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

Brasil conquista quatro medalhas no tênis de mesa

 

O Brasil fechou o primeiro dia de disputas do tênis de mesa nos Jogos Parapan-Americanos do Rio de Janeiro com quatro medalhas. Uma delas de ouro, conquistada por Jane Karla Rodrigues, na classe aberta 6-10.

A mesa-tenista de 32 anos, que teve poliomielite aos 3, deixou a prata para a argentina Giselle Muñoz. O bronze ficou com a canadense Stephanie Chim Hing Chan.

Na classe aberta 1-5, para atletas cadeirantes, Sônia Oliveira levou a prata. A vitória foi da cubana Yanelis Zamora. O bronze foi para a Argentina, com Marta Makishi.

Na disputa masculina da classe aberta 6-10, o Brasil foi prata e bronze, com Edmilson Pinheiro e Alexandre Caldeira, respectivamente. O campeão foi o norte-americano Tahl Leibovitz.

Apenas na disputa masculina aberta para atletas cadeirantes o Brasil não teve representantes no pódio. O ouro ficou com o venezuelano Roberto Quijada, a prata foi para o argentino Daniel Rodriguez e o bronze ficou com Geovanni Rodriguez, da Costa Rica.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

PARAPAN-AMERICANOS : Festas

 

 

 

 

Os Jogos Parapan-Americanos estão oficialmente abertos. A cerimônia, que durou duas horas, foi marcada por muita festa e música. Houve apresentações de grupos de dança e malabarismo, além de Ana Costa, que interpretou "Viva essa energia", Adriana Calcanhoto e Daniela Mercury, que encerrou o evento com muito samba.

- Achamos tudo simples diante deles - afirma a cantora baiana.

Um dos momentos mais emocionantes foi quando a pira parapan-americana foi acesa pelo ex-atleta Luiz Carlos Pereira. Ele obteve três recordes mundiais nos arremessos de peso, dardo e disco, nas Paraolimpíadas de Seul, em 1988.

Cerca de 1.500 convidados do governo acompanharam o festa, que não foi aberta ao público. Além de alguns voluntários, o governador Sérgio Cabral; o prefeito César Maia; o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Arthur Nuzman; o ministro do Esporte, Orlando Silva; a secretária de Ação Social e Direitos Humanos do Estado do Rio, Benedita da Silva, acompanhada do marido Antônio Pitanga, assistiram ao evento.

 

Cadeirantes : 4 categorias para  eles

 

Cerimônia na hora certa

 

 

O evento começou pontualmente às 13h, quando a bandeira do Brasil foi levada ao centro do ginásio pelos Dragões da Independência, que fazem a guarda presidencial. Em seguida, houve a apresentação de "Viva Essa Energia", música-tema da competição, interpretada pela cantora Ana Costa.

Depois, os atletas paraolímpicos entraram na Arena ao som do samba. Os cadeirantes eram os mais empolgados. Tanto que fizeram rodadinhas com as suas cadeiras e ensaiaram uns movimentos. Além disso, contaram com a animação dos instrumentistas da Beija-Flor, que durante o percurso de entrada dançaram para eles.

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

PAI

 

 

 

 

 

Pai, tudo que você me ensinou.....

Ensinou que:

Vale a pena a tentativa e não o receio...

Vale a pena confiar e nunca ter medo...

Vale a pena encarar e não fugir da realidade...

Ainda que você fracasse, vale a pena lutar...

Vale a pena discordar do melhor amigo e não apoiá-lo em suas atitudes erradas...

Vale a pena encarar-me no espelho e ver se estou certo ou errado...

Vale a pena procurar ser o melhor e aí...

Vale a pena ser o que for...

Enfim:

Vale a pena viver a vida, já que a vida não é tudo que ela pode nos dar, mas sim, tudo o que podermos dar por ela.



Obrigado por tudo e Feliz Dia dos Pais !

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

A  CERIMÔNIA  DE ABERTURA : COMO SERÁ

 

 

A festa


O evento será realizado na Arena Olímpica do Rio, na Cidade dos Esportes. A festa vai reunir elementos tecnológicos, música e dança de formas variadas, apresentando segmentos criativos que representam as referências culturais brasileiras. A produção é totalmente brasileira, com direção artística de Luiz Stein e Rosa Magalhães.

 

O Hino


A composição intitulada "Viva essa energia", é interpretada pelo paulista Arnaldo Antunes e pela carioca Ana Costa. A cantora recebeu o convite do produtor musical Alê Siqueira, diretor artístico musical das cerimônias de abertura e encerramento do Parapan. A música-tema é composta por Arnaldo Antunes e Liminha. Haverá ainda uma única música para entrada de todos os atletas.

 

 

As cores


As cores da bandeira brasileira serão destaque no figurino da abertura do Parapan tanto para os bailarinos quanto para os atletas. O figurino dos bailarinos é variado, e, com a ajuda de adereços, vai compor o tom da festa. Os uniformes da delegação brasileira serão “bem brasileiros”. As cores predominantes são o verde, para simbolizar a natureza, e o branco, significando a paz.

 

Números da cerimônia:


 

20   Percussionistas da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis tocarão a música-tema do Parapan ao lado de Ana Costa
     
200   Voluntários vão apresentar coreografias dos três pilares criativos, durante a parte artística da cerimônia
     
1.300    Atletas vão assistir à cerimônia da quadra da Arena Olímpica do Rio

 

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem

PARAPAN COMEÇA OFICIALMENTE  HOJE

 

Depois do Pan, mais uma emoção está por vir... Muitos olhares estarão voltados para o Rio de Janeiro neste domingo, às 13h, quando começa a cerimônia de abertura dos Jogos Parapan-Americanos Rio 2007. Palco de grandes emoções durante a realização do Pan-Americano, a Arena Olímpica receberá ilustres convidados, entre autoridades, dançarinos, voluntários, técnicos e atletas de 10 esportes. 

O espetáculo promete mostrar o jeito brasileiro não apenas no esporte. A direção artística é mais uma vez de Rosa Magalhães e Luiz Stein. Segundo Leonardo Gryner, diretor geral de cerimônias, o que será visto na instalação é uma reinterpretação do grande sucesso que foi a abertura do Pan, no Maracanã.

Clique ao lado para assistir aos melhores momentos da abertura do Pan Rio 2007

- Mas teremos novas coreografias, com conceito de ocupação total da Arena. O público convidado pode esperar um espetáculo emocionante -  garante ele, revelando que 28 pessoas, divididas em duas arquibancadas, vão evoluir de acordo com o espetáculo.

A cerimônia incluirá as apresentações das cantoras Ana Costa - ao lado de percussionistas da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis –, Adriana Calcanhoto e Daniela Mercury e será pontuada por outras surpresas nos telões.

- Será um espetáculo multimídia, que vai reunir acrobacia, teatro, carnaval, circo, telões e cultura popular - adianta Luiz Stein, que criou uma alegoria humana móvel nas laterais do palco de 350 m².

Lembre, com as matérias ao lado, como foi a bela festa de cerimônia de abertura do Pan Rio 2007. Clique nos links!

Antes do início da festa, DJs vão animar as arquibancadas. A cerimônia começa a execução do Hino Nacional Brasileiro. Depois, a música “Viva essa energia”, o desfile dos atletas, o show artístico, os discursos, as declarações de abertura, o hasteamento das bandeiras, o juramento do atleta e do árbitro e, por fim, o acendimento da pira.

Globo Esporte

Editado por VcquerVcpode

Haloscan:

Zip Net:


Enviar esta mensagem